Aconchegantes e conectadas: as cinco maiores tendências para as casas do futuro

04/06/2015 21:08

Eventos voltados para as tendências residenciais, como a Casa Cor e a Mostra Casa Viva, que acontecem todo ano em diversos estados do Brasil e até em outros países, são como uma viagem no tempo, direto para o futuro: tudo que será a realidade da construção civil, da arquitetura, da tecnologia e de outras áreas em poucos anos, já é mostrado agora, por especialistas da área. 

A 28ª edição da Casa Cor ainda está rodando o país e a Mostra Casa Viva, focada em tecnologia residencial, encerrou sua edição de 2014 no mês de setembro, em Brasília. Das diversas tendências apontadas pelos dois eventos, as cinco abaixo foram os destaques e, logo, serão parte da sua casa no futuro: 

1. Casa amiga do meio ambiente 

O uso de materiais sustentáveis para a construção não só é uma atitude que ajuda o meio ambiente, mas também traz beleza às residências. Decorações com madeira de demolição e elementos campestres e rústicos, assim como a presença de jardins e plantas em casa, tornam o ambiente mais aconchegante e bonito. Além disso, a ideia é que as casas contem com a utilização de energia eólica, sistema de automação e iluminação de LED. 

Uma tendência apontada pela Casa Cor 2014 para trazer a natureza para dentro de ambientes pequenos é investir nos jardins verticais, já que os espaços horizontais são cada vez mais reduzidos. A construção desses jardins pode ser realizada de diversas maneiras, inclusive com o uso de materiais reciclados, como garrafas PET, pneus e vasos. 

2. Casa personalizada 

Nada de casas iguais às das revistas de decoração: a sua casa tem que ser o seu reflexo. Colocar a personalidade na decoração vai desde tirar suas coleções da gaveta e colocá-las em locais em que você possa reunir os amigos até expor objetos que se relacionam.

3. Casa pequena, mas aconchegante 

Com o aumento da população das grandes cidades e a especulação imobiliária, a tendência é que os apartamentos se tornem cada vez menores. O segredo para aproveitar ao máximo o espaço de apartamentos, com média de 28 m², é tornar o ambiente integrado, com vários espaços abertos e poucas paredes. 

4. Controle total 

A automação e a integração, que trazem acessibilidade e conforto, são a principal tendência apontada pela Mostra Casa Viva deste ano. Os aparelhos eletrônicos da casa estarão todos conectados em rede e o comando das funcionalidades de eletrodomésticos será feito por meio de smartphones, independente de onde você estiver. 

Será possível, por exemplo, comandar a hora que o forno deve desligar, quando virar a carne para não queimar e controlar a temperatura do aparelho sem ter que chegar perto, ou até mesmo sem estar em casa. Além da praticidade, as residências também vão ficar mais seguras, pois com os mesmos dispositivos será possível controlar a movimentação na casa e monitorar a entrada e saída de pessoas. 

Pode parecer tudo muito futurístico, mas esta tendência já é realidade. 

5. Tecnologia que gera conforto 

No início do ano, a International Business Machines (IBM, empresa norte-americana voltada para o segmento de informática) divulgou algumas tendências para o futuro e uma delas é a tecnologia personalizada. Em escolas, professores poderão acessar dados específicos sobre os alunos para melhorar a forma de ensino; em consultórios e hospitais, tratamentos médicos levarão em conta a química corporal de cada paciente; e em casas, os eletrodomésticos serão programados para atender as necessidades dos moradores automaticamente. 

A tecnologia estará presente em todos os aspectos: no mobiliário, na sonorização, na iluminação, no controle da temperatura, nos sistemas de alarme e de sensores. Os aparelhos saberão que horas você acorda, como gosta do seu café, que produtos tem na cozinha, quando precisará comprar novos itens e muito mais. 

No quarto, o despertador te acordará com informações de como está o dia, qual a previsão do tempo e avisará aos aparelhos da cozinha, que irão preparar o café. A geladeira poderá te passar receitas, informar o valor calórico de alimentos e até realizar suas compras de supermercado. Na sala, os aparelhos irão regular a temperatura e a iluminação, assim como controlar a entrada de luz e vento pelas janelas.